Blog

O equipamento correcto para andar à trela e as vantagens para a saúde do seu cão

Postado por:

A saúde do seu cão deve estar em primeiro lugar na sua lista de prioridades, por isso o equipamento com que passeia com o seu melhor amigo deve estar nessa lista. Existem vários, as coleiras são as mais populares porém não são as mais indicadas, depois temos os peitorais e os arneses com argola à frente e pega de segurança atrás (mais indicados).

Primeiro importa explicar que o pescoço do seu cão é precioso.

imagem 1

Os peitorais com argola atrás para prender, é uma ferramenta usada para que os cães se sintam mais confortaveis a puxar trenós por exemplo, por isso, entre um trenó e um tutor a diferença só está no peso, porque a função do peitoral permanece, ou seja PUXAR ainda mais.

imagem 2

Agora vamos falar um pouco das normais coleiras, tem duas funções normalmente, a primeira é como acessório para pendurar a identificação do cão e a segunda usar como tracção, ou seja, prender uma trela à coleira e ir passear com o cão. Se usadas como tracção irão fazer muita pressão na zona do pescoço sempre que o seu cão puxar, ainda que ligeiramente.

imagem 3

Efeitos associados ao uso de coleiras em tracção:

  • Na pele
  1. Dor
  2. Feridas
  3. Hematomas
  4. Irritação na pele
  5. Perda de pêlo
  • Nos músculos
  1. Dor
  2. Contusões
  3. Tensões e lesões

imagem 4

  • No Timo; Dutos linfáticos e Nódulos
  1. Dor
  2. Inchaço glândulas
  3. Dano ou ruptura do canal
  4. Diminuição da imunidade
  • No Osso da lingual
  1. Dor
  2. Dificuldade em engolir
  3. Vértebras
  4. Degeneração discos intervertebrais
  5. Osteoartrite

imagem 5

  • Na Espinal Medula
  1. Dor
  2. Deficiencia nas funções neurológicas
  3. Osteoartrite
  4. Hernia discal
  5. Hernia cervical
  • Nas Artérias e veias
  1. Pressão alta no cerebro
  2. Pressão intraocular
  3. A longo prazo glaucoma

imagem 6

  • Nos nervos do sistema nervoso simpático e parasimpático
  1. Ritmo cardiaco
  2. Digestão
  3. Frequencia respiratória
  • Na Traqueia, Laringe e Esófago
  1. Dor
  2. Laringe
  3. Dificuldade em engolir
  4. Asfixia
  5. Pré-colapso ou colapso total da traqueia
  6. Vómito

imagem 7

  • Na Tiroide
  1. Com trauma mecânico
  2. Hipotiroidismo (por trauma)
  3. Regulação da temperatura corporal
  4. Desiquilibrios na produção hormonal
  5. Frequencia cardiaca
  6. Frequencia respiratória
  7. Desenvolvimento cerebral e cognitivo
  8. Crescimento celular
  9. Humor

Os EFEITOS são mais que muitos e deixam qualquer dono pensativo… e a seguir vem a pergunta certa: ” O que é que eu posso usar para que o meu cão possa passear à trela, de uma forma confortavel, e já agora sem puxar pela trela a arrastar-me como um louco?

A resposta é: “Um arnês com argola á frente e com pega atrás por segurança, com a forma de Y para que as articulações fiquem livres, e feito num material que não seja agressivo para a pele do seu cão.”

Exemplo: WD-Walking Dog ( Marca Portuguesa )

Esperamos que tenha sido útil este artigo e desejamos bons passeios a todos.

PS: O Arnês não resolve por si só todos os problemas, são uma ferramenta que nos ajuda muito. Porem se sentir que a relação que tem com o seu cão no exterior, quando passeia com a trela ainda não é a melhor contacte um expecialista em comportamento animal ou um treinador devidamente qualificado e ou certificado.

0
  Posts relacionados
  • No related posts found.

Adicionar um comentário